-¿Crees que el homeschooling, unschooling o la desescolarización son hoy una alternativa a la educación institucionalizada?

-¿Las nuevas tecnologías de la información, aliadas o no en el proceso del homeschooling?

-Você acredita que o homeschooling, unschooling ou a desescolarização são hoje uma alternativa à educação institucionalizada?

-As novas tecnologias de informação são aliadas ou não no processo do homeschooling?

Vistas: 1290

Respuestas a esta discusión

Edilberto, honestamente minha experiência é incipiente. Estou na busca. Estou, no momento, vivenciando a quebra de paradigmas com muita intensidade. Questionando cada gesto meu, tentando me livrar de um tanto deles e isso leva um tempo. Me sinto num mixto de excitamento e angustia. Ao mesmo tempo que me vejo imersa no mundo da desescolarização onde me achei, não sei ao certo como realizar isso com meus filhos. Sim, comecei por mim e cuidando do amor, da sensibilidade com eles. Mas sei que preciso atuar, oferecer esse campo fértil, prático, pra esses pequenos de quase 5 e quase 3 anos se nutrirem e ando meio perdida com minhas próprias limitações, fruto, acredito, de uma educação que me encurralou na falsa crença da minha não criatividade.

Coletivamente quero avançar. No momento estou na Alemanha num contexto específico. Em geral moro em Alter do Chão, um paraíso na terra, localizado na Amazonia. Uma vila simples onde convive uma pequena comunidade alternativa não articulada. Ali a semente da desescolarização já chegou. Tem gente praticando, mães com crianças pequenas se preparando, uma escola comunitária em fase de desconstrução - sem clareza ainda de seu futuro - com um par de pessoas perseverando e  um campo muito fértil pra trabalhar!!

Por ser natural de uma região que até pouco tempo esteve muito isolada de tudo e continua, de certa forma, das possibilidades de interação real com o que se passa latente nos grandes centros, tenho essa coisa de querer trocar com essa gente e a internet passou a ser um canal fundamental nisso. Ando pensando se seria o caso de criar algo virtualmente que unisse interessados em partilhar/construir/experimentar, mais focadamente, praticas de seu principio até seu desenvolvimento.. um forum talvez?! Não sei.. Vc conhece algo já existente nessa linha? As redes que tive contato, embora bastante ativas têm enfoque generalizado. 

Adicionalmente temos um projeto em familia de fazer uma viagem de caravana a partir do México a América do Sul para pesquisar e aprender sobre experiencias de desescolarização e de vidas em ecoaldeas e por meio disso fortalecer nossa própria visão de mundo que desde sempre caminha na contramão, pra nossa alegria!! ; )

wow!!!! tudo muuuito interessante Yanna!! Quantos desafios. Mas é isso o melhor de tudo. Já tens os enderecos dos grupos no facebook, acho que tens que contar isso tudo para esses grupos e comencar a instigar o diálogo entorno da experiencia de voces quie pelas suas condicoes geográgicas é tudo de muito interessante. 

Tens videos, mesmo que curtos? Envia, fotos,, cpnvida todos eles a formar um grupo no face e assim poder dar visibilidade e criar possibilidades de contato entre esse e outros grupos. 

Te peco dese ja...me interessa a experiencia de voces para compor o documentario A VIDA FORA DA ESCOLA, assim que as imagens que possas fazer, serao bem vidas!!!!

Edilberto,

Poderia colocar aqui a diferença principal entre unshooling e homeschooling? Para nos ajudar na reflexão.

Se trata de dois visoes de desescolarizacao com suas respectivas especificidades.

Homeschooling:

 dentro desta modalidade se encontram diversas tendencias, desde as mais conservadoras, que colocam a familia como centro absoluto da educacao dos filhos, até os mais liberais que colocam a casa como centro. Isso implica bastantes diferecas. Na primeira os pais assumem papeis similares ao dos professores. Em geral, centralizam todo o processo. No entanto, isto nao significa que devam  ser absolutos ou únicos. Se vivem diversos graus de convivencia com o contexto. Nas segundas familias, as que colocam o centro na casa, outras figuras entram a fazer parte da cena. Professores ou pessoas com competencias diversas.  

Em geral o que é importante ter em conta no caso do homeschooling é a urgencia de fundamenta.lo em relacoes sadias. Escrevi um pot titulado, Compulsao a educacao que expressa bem a linha divisória a respeito de familias que entendem que sao autoridade absoluta...o que em determinados casos pode ser uma forma de expresión de algum exesso:

http://desescolariza.blogspot.com/2012/02/compulsao-educar.html

A desecolarizacao ja implica uma forma muito mais flexivel. O centro passa a ser a crianca e seus interesses e o cenário pode ser qualquer um, desde a casa, a comunidade, a cidade ou o mundo. Os pais sao facilitadores e apoiadores do processo, mais nunca o centro.  Se desiste totalmente de qualquer ideia de curriculo e se defende com urgencia um tipo de liberdade que legitima e encaminha a crianca para tornar-se o mais autonoma possível no que dis repeito a aprender.

Estyas diferecas podem significar posturas ideológicas extremas? Em alguns casos sim. O homeschooling é mais comum entre familias católicas, cristas. Ja o unschooling apresenta uma forma mais laica de expressao. 

Olá Edilberto, gostaria que você nos falasse um pouco sobre a criação de oportunidades de aprendizado para as crianças e jovens em meio à comunidade.

- Que atitudes devem desenvolver os pais homeschoolers para incentivar o aprendizado de seus filhos a partir das experiências de outros membros de sua comunidade (condomínio, bairro, cidade, etc...) ?

- Na sua experiência, as pessoas em cidades grandes se mostram disponíveis para ensinarem o que sabem às crianças de suas comunidades ? Como incentivar esse comportamento ?

O primeiro é preceber que uma crianca sempre esta aprendendo. No ambiente em que se encontre, sempre estara aprendendo. Estara captando, internalizando. O ambiente, seja este a casa, a comunidade, o bairro, por tanto é sempre um livro aberto. Mesmo que nao se disponha conscientemente uma organizacao para isto, a troca de informacao estara ocorrendo. Por tanto, a questao é tornar esse ambiente mais cosnciente dessa funcao de maneira a propiciar elementos interessantes, abundantes, criativos, enriquecedores. A crianca estara sempre disposta e estara aberta a receber, se o ambiente material e humano é propositivo, aberto e disposto será natural que a crianca faca escolhas de acordo com seus interesses. 

Assim, estar atento é fundamental para um pai, mae homeschooler. Estar atento a todo no ambiente. E assim aproximar a crianca de ambientes nutritivos. Ou facilitar-lhe o discernimiento frente a ambientes tóxicos. Um exemplo; meus filhos gostaram desde muito cedo de andar de skate. Um primo lhes apresentou essa prática. Uma hora eles quiseram conhecer uma pista de skate. Os levei, mas me deparei com toda uma serie de elementos que requeriam de cuidado naquele ambiente. Uso de drogas, alcool, uso de um linguajar preenchido de girias e vulgaridades, um modo de vestir espefíco. Um ambiente tóxico para uma crianca. Mas, longe de retira-los dali, fui com eles, estive presente, inclusive aprendi a andar de skate, de maneira a manter o diálogo com os meninos. Na medida em que foram absorvendo elementos que considerei tóxicos os ajudei cuidadosamente a estabelecer distincoes. Hoje, eles sao excelentes deportistas. Participam de competicoes nessas modalidades.  fazem amigos em diversas cidades e partes do mundo a traves das comunidades que discutem e praticam as diversas modalidades. E tambem sabem distinguir o que é tóxico para eles. Todo isso sem alimentar preconceitos, nem estabelecer conflito. 

O salto que temos que dar é o da intencao. As pessoas ensinam e mostram, queiram ou nao. Temos que ir gerando comunidades de pessoas que queiram mostrar e cosntruir ambientes simbolicamente enriquecedores, engajados. Um exemplo disso, vejo na comunidade de Homeschooling Colombia no Facebook. Pouco a pouco vao gerando encontros, trocas, discussoes, compartilhamentos. 

Trata'se de uma longa construcao, nao de uma utopia.

..."Por tanto, a questao é tornar esse ambiente mais cosnciente dessa funcao de maneira a propiciar elementos interessantes, abundantes, criativos, enriquecedores. "

Como distinguir o limiar entre propiciar algo a criança ou deixa-la livre pra sua exploração e manifestação natural? Vc fala de oferecer elementos abundantes. E a questão da criança manifestar/desvendar espontanea e naturalmente seus interesses. Deveria eu apresentar sempre muitas opções? Seria isso correto ao invés de deixa-la manifestar naturalmente seus interesses?  De que forma propiciar os insumos necessários sem gerar uma reprodução de conhecimento, uma reprodução de mim mesma??

Sao momentos diferentes. Primeiro observar. Depois ofertar. Da observacao devem emergir os interesses, os talentos, as vontades. Toma um tempo distingui-los. Depois é alimentar isso. Entao temos que ser abundantes. Isto nao é um convite ao consumismo ou coisa que o pareca, mais a generosidade. Criancas interessadas em algo demandam atencao, energia e tempo e claro, algumas coisas. Acho que esses elementos sao fundamentais...atencao, olhar, energia e teeeempo!!!

Es una excelente propuesta, sin embargo la Educación desescolarizada tiene sus ventajas y desventajas con respecto a la educacion formal. Para la aplicación de esta propuesta sería necesario que los padres de familia esten preparados y los recursos que se quieren investigar esten adecuadamente organizados.

Lo importante es que se trata de un cambio significativo de paradigma. Mientras el modelo escolar es centrado en la enseñanza, en la centralidad del profesor, en el control ejercido desde la institución y en el ordenamiento político pedagógico curricular de carácter heterónomo,  en modelo desescolarizado se concentra en el aprendizaje, por lo tanto, en la acción del aprendiente, en sus intereses, en su autonomía. Por lo tanto, el mito de la preparación, de la profesionalización, de la estructura, carecen de relevancia en este paradigma. Mas que organizar recursos, lo importante es crar un ambiente de legitimidad frente a los intereses del niño o niña. Mas que disponibilizar estructuras, hay que estar dispuestos a escuchar y observar, de manera a facilitar el proceso del sujeto de aprendizaje que es siempre, de dentro para fuera, y no de fuera para dentro. 

Buenas noches: Muy importante la propuesta. En la realidad el homeschooling es una buena alternativa ala educación institucionalizada, pero requiere de un hogar con ciertas características para poder cumplir con esta misión. Un porcentaje muy alto de hogares no tienen acceso a internet. Y si lo tiene, faltan capacidades para facilitar el uso de esta herramienta como un recurso valioso para el aprendizaje.

Un conocimiento y manejo adecuado de las TIC son buenos aliados en el proceso de homeschooling. Pero hay un problema, legalmente no esta reconocido en el Sistema Educativos, sobre todoen el nivel de Educación Básica Regular.

Bueno, a nivel superior, en especialización o capacitación,es una opción muy interesante que ya está en práctica. Muchas gracias.

Muy buen día a todos y todas!

Les queremos dejar un link con un reportaje sobre una familia chilena que optó por la educación en casa.

Algunos puntos notables de la entrevista:

- Ambos son profesores titulados.

- La hija tiene trece años y el hijo once años.

- El Ministerio de Educación de Chile respeta la libertad de enseñanza, por tanto, la decisión de estos padres está apoyada -en la práctica- por el organismo gubernamental.

- Los padres esperan durante este año que "la solución de sacarles de la escuela sea la adecuada".

- Los padres notan en los chicos progresos sociales y personales que no habían sido desarrollados en el actual sistema educativo.

http://www.paula.cl/reportaje/educacion-en-casa-saque-a-mis-hijos-d...

Saludos!!

PD: Aquí está la página que hace mención el reportaje:

http://homeschoolchile.ning.com/

RSS

Nuevo Proyecto Fundación Teléfonica

EXPERIENCIAS EDUCATIVAS SXXI

¿Quieres conocer las últimas experiencias educativas? Asómate al nuevo proyecto de Fundación Telefónica

Encuentro Internacional Educación

imagem enlace à vídeo

Álbum fotográfico

Insiders

imagen enlace a la página de los insiders

imagem enlace à página dos insiders

© 2020   Creada por Encuentro Educación 2012 - 2013.   Con tecnología de

Insignias  |  Informar un problema  |  Términos de servicio