Prosseguindo com o debate anterior - estaremos usando este espaço para aprofundar o tema inovando avaliação na educação através da pesquisa colaborativa sobre

Competências-Chave na Era da Coaprendizagem e Coinvestigação

Considerando que este espaço aberto poderá ser ampliado por todos os interessados
pretendemos usar interfaces tecnologias para organizar nosso trabalho aberto colaborativo

No Mendeley (interface aberta para gerenciar artigos academicos) poderemos compartilhar referencias sobre o assunto

http://www.mendeley.com/groups/3317391/colearners21/

No facebook (rede social) estaremos compartilhando pesquisas, e informacao mutimidiatica

https://www.facebook.com/colearners21

No twitter estaremos disseminando os resultados do trabalho entre os participantes.

# colearners21 

Para iniciar o assunto compartilhamos esta imagem ...

Vistas: 1146

Respuestas a esta discusión

Olá Alexandra.

Este é um dos temas que estou interessada em abordar na minha pesquisa. Você tem a referência desse artigo? Vai colocá-la no Mendeley?

Ola Cintia

Esta abordagem de multiliteracias esta sendo usada na Australia para mapear habilidades desde a educacao basica.

Consideramos um ponto de partida importante para aprofundarmos este nosso estudo proposto aqui

A fonte e' um site que parece fora do ar

Government of South Australia. (2010).The multiliteracies map. Retrieved 

http://www.earlyyearsliteracy.sa.edu.au/files/links/Mapping_Multili...

Mas pode ser acessada aqui tambem:

http://multiliteracyrevolution.wordpress.com/2011/07/20/skills-of-t...

Inclusive destaco este paragrafo

"Students must be taught a skill set that reflects this new context of learning. Not only will they need to learn letter-sound relationships but also how to freely move in between formal and informal text, analyze text and symbols, understand relation between images, layout, and text, and create meaning making from these interactions (New London Group, 1996).

Multiliteracy Skills: 

-ability to apply knowledge to new situations

-use of technologies to solve problems and communicate (Partnership for 21st Skills)

-able to examine problems and collaborate to think of creative solutions (Partnership for 21st Skills)

-able to gather information from multiple sources (and critique sources validity)

-work productively with linguistic and cultural diversity (Kalantzis et. al, 2003),

-synthesize knowledge and become teachers and communicators; express knowledge in multimodal ways (Kalantzis et. al, 2003)

-understand the various meaning making interactions of text, images, and context (New London Group, 1996)

-negotiate regional, ethnic, or class-based dialects (New London Group, 1996)"

Esta abordagem tb esta descrita no estudo

Mapping Multiliteracies: Children of the new millennium 

Report of the research project

http://www.earlyyearsliteracy.sa.edu.au/files/links/Mapping_Multili...

O objetivo inicial seria compartilhar, refletir e sistematizar  as varias formas de mapear habilidades/competencias que consideramos-chave de modo integrar teoria e pratica que podem ser uteis para nossos estudos coletivos como individuais...

Esta ideia de um usuário/aluno como um elemento que ao mesmo tempo recebe/adquire e produz/envia informações, aproxima-se muito dos textos que li sobre Conectivismo. Acredito que estudo mais aprofundados sobre resolução de problemas e filtragem de informações são 2 habilidades que devem ser exigidas destes novos alunos. Já por parte dos professores é importante o conhecimento/domínio de múltiplas metodologias e tecnologias que levam a aquisição das informações, além de estratégias que provoquem o pensamento crítico e colaborativo, sem tornar este estudante co-dependente.

Uma outra forma de representacao ( arco iris) e' a abordagem americana

desenvolvido por Partnership for 21st century skills

A framework for 21st Century Learning. In this model, the “rainbow” above represents the goals, standards, or intended outcomes of learning for 21st century students, and the “pools” below indicate the learning support systems that enable the goals to be met.

Para detalhar cada faixa do arco-iris

Para colocar isso em pratica:

mais detallhes:

http://www.p21.org/overview

http://en.wikipedia.org/wiki/21st_Century_Skills

Olá Alexandra,

Muito obrigada pelas referências. Já li hoje o "Early years literacy report" e já estou pensando em uma ponte com minha pesquisa. Agora estou lendo o "Mapping multiliteracies: Children of the New Milennium Report". (http://www.earlyyears.sa.edu.au/pages/ProjectArchive/ICT_young_chil...).

Também estou lendo outros artigos sobre este tema e em breve compartilho as referências no Mendeley. Vou procurar também o Partnership for 21st century skills. Adorei a imagem da bicicleta e estou pensando em como adaptá-la para a estratégia de formação de professores.

Olá a todos,

Comecei a trabalhar com a área de multiletramentos e encontrei este artigo bastante interessante:

(Multi)letramento(s) digital(is): por uma revisão de literatura crítica
Fabiano Santos Saito (UFJF) e Patrícia Nora de Souza (UFJF) disponível em:

http://linguagensedialogos.com.br/2011.1/textos/19-art-fabiano-patr...

Alguém conhece? No final do artigo os autores apresentam uma síntese do modelo teórico proposto por Selber (2004):

Alguém já leu este livro ou conhece este modelo? Gostaria de estudar mais este assunto e pretendo comprar o livro, pois não achei artigos online.

Multilietracies for a digital age. S. A. Selber, 2004

Olá, hoje encontrei mais um estudo que pode contribuir para nossas discussões.

O estudo completo está disponível neste link:

http://www.iftf.org/uploads/media/SR-1382A_UPRI_future_work_skills_...

Tomando como referencias os textos que selecionamos no Grupo de Pesquisa Colearners21 para as nossas discussões e elaborarmos o Dicionário de Competências, juntei as contribuições (minha e de Cíntia Rabello) e fiz esta síntese. Os textos, referenciados abaixo, fazem um panorama dos estudos das competências e habilidades para o Século XXI, apresentando quadros elaborados por entidades de várias partes do mundo que debatem o tema. Apresentam detalhes sobre seus conceitos e permitem que possamos refletir, inclusive sobre outros aspectos, tais como a sua classificação em grandes grupos e sua importância nestes estudos. A competência da Colaboração está classificada no grupo das competências interpessoais e relacionada com a capacidade de comunicação, de convivência com pessoas de diferentes origens e interesses, de solução de problemas em grupos, dentre outras que podem ser vistas no texto.

Conceitos :

A colaboração pode ser vista como um conceito mais amplo que requer habilidades eficazes de comunicação e também uma sensibilidade maior com os colegas de trabalho: "Em um mundo cada vez mais interdependente , segundo o documento " DeSeCo notas (OECD, 2005 , 5),

"as pessoas precisam ser capazes de se envolver com as outras, uma vez que irão encontrar pessoas de uma variedade de origens, é importante que sejam capazes de interagir em grupos heterogeneos."

Esta relacionada com o domínio da comunicação e  é  vista como uma necessidade para o sucesso no mercado de trabalho, independentemente do nível de ensino ou tipo de trabalho. Como se observa , a primeira competência-chave do projeto DeSeCo,

"Refere-se ao uso efetivo de habilidades de linguagem falada e escrita , informática e outras habilidades matemáticas, em várias situações. É uma ferramenta essencial para funcionar bem na sociedade e no local de trabalho e participar de um diálogo eficaz com os outros. Termos como "competência de comunicação" ou "alfabetizações " estão associados a esta competência-chave"(2005,10).


Uma pesquisa com estudantes de graduação australianos apontou o valor do engajamento com outros para o desenvolvimento de habilidades de comunicação e colaboração (Crebert et al . , 2004). Com base nas entrevistas observou-se que 

"o trabalho em grupo foi a opção preferida para o desenvolvimento da comunicação oral, resolução de problemas, trabalho em equipe , liderança, assumindo a responsabilidade e tomada de decisões e [em desenvolvimento] altos padrões éticos "

Como Gittell (2001a , 2001b ) apresenta, este resultado está em linha com o corpo maior de trabalho sobre a teoria pós- burocracia e que "com níveis elevados de interdependência de tarefas, o desempenho deverá beneficiar significativamente um forte processo de grupo" (Gittell 2001a, 468) . Gittell (2001a, 471, 2000) oferece uma extensa discussão sobre "a gestão das interdependências de tarefas - realizado no contexto das relações com os outros membros do grupo " ( Gittell 2001a, 471 ) , que ela descreve como segue:

“A Coordenação relacional inclui um componente de comunicação, refletindo a freqüência e pontualidade de comunicação entre os membros do grupo. Além disso, inclui um componente relacional, refletindo na força de resolução de problemas, ajuda, respeito mútuo, objetivos comuns e conhecimento compartilhado entre os membros do grupo envolvidos no mesmo processo de trabalho " (471).

Definições : (BEERS, sd )

Conceito de Colaboração - Trabalhar com os outros com respeito e de forma eficaz para criar, usar e compartilhar conhecimentos, soluções e inovações.

Habilidades : (Alberta, 2010) - Participar de forma significativa e efetiva na vida da comunidade. Construir relações de respeito e carinho , gestão de conflitos e diferenças , e construção de consenso. Aceitar a responsabilidade por suas ações. Reconhecendo e aproveitando as suas (dos alunos), outros pontos fortes e potencialidades. Trabalhar em conjunto para influenciar mutuamente, motivar e orientar o outro na busca de objetivos comuns. (Neste Documento, a colaboração esta agrupada e definida junto com a liderança)

Conhecimentos :

(Binkley ET AL , 2010) Interagir eficazmente com os outros; Saber quando é apropriado para ouvir e quando falar; trabalhar eficazmente em equipes diversas; conhecer e reconhecer os papéis individuais de uma equipe de sucesso e conhecer seus pontos fortes e fracos, reconhecendo e aceitando-os em outros; gerenciar projetos; saiber como planejar, definir e atingir metas; monitorar e re-planejar à luz de acontecimentos imprevistos.

Habilidades :
( Binkley ET AL , 2010) Interagir eficazmente com os outros; falar com clareza e consciência do público e finalidade; ouvir com cuidado, paciência e honestidade; comportar-se de maneira profissional e respeitável; trabalhar eficazmente em equipes diversas; aproveitar as diferenças sociais e culturais para criar novas idéias e aumentar a inovação e a qualidade do trabalho; gerenciar projetos; priorizar, planejar e gerenciar o trabalho para alcançar o resultado pretendido grupo; orientar e conduzir os outros; usar a capacidade interpessoal para resolver problemas, influenciar e orientar os outros para um objetivo; alavancar os pontos fortes dos outros para realizar um objetivo comum; inspirar outros a alcançar o seu melhor através de exemplo e abnegação; demonstrar integridade e comportamento ético na utilização de influência e poder.

Atitudes :
(Binkley ET AL, 2010) Interagir eficazmente com os outros; saber quando é apropriado ouvir e quando falar; comportar-se de maneira profissional respeitável; trabalhar eficazmente em equipes diversas; mostrar respeito pelas diferenças culturais e estar preparado para trabalhar de forma eficaz com pessoas de uma variedade de origens sociais e culturais; responder com a mente aberta a diferentes ideias e valores; gerenciar projetos; perseverar para atingir metas, mesmo em face de obstáculos e pressões de concorrentes; ser responsável com os outros; agir de forma responsável com os interesses da comunidade maior em mente.

Outras ideias sobre colaboração:

Pesquisando imagens para compor a minha apresentação na reunião do grupo encontrei umas ideias muito interessantes sobre colaboração. O seu autor Oscar Berg, faz uma discussão sobre as formas como as atividades colaborativas acontecem nas organizações e trás uma piramide como imagem representativa das ideias que defende. Utiliza também a metáfora do Iceberg, indicando que a colaboração visível, representa apenas uma pequena parte daquela que realmente acontece no dia a dia das organizações. Na figura da piramide ela traca uma linha indicando que a colaboração de alta visibilidade, aquela formal e organizada em equipes de trabalho estariam cima desta linha, mas grande parte das ações que a viabilizam estariam abaixo dela e teriam baixa visibilidade (ver imagem no link abaixo).

http://www.thecontenteconomy.com/2012/02/collaboration-pyramid.html

Para Berg, o que vemos na colaboração em equipe estruturada é a ponta do iceberg ou o topo da piramide, observando as equipes que estão coordenando suas ações para alcançar algum objetivo.

Não vemos e, portanto, não reconhecemos as demais atividades que permitiram que a equipe a se formar e que ajudam durante todo o processo. As equipes de trabalho e a forma como elas coordenam suas ações, bem como os resultados de suas ações são visíveis, mas raramente vemos as outras coisas que são fundamentais para o seu sucesso. Por exemplo, a forma como usaram as suas redes pessoais de acesso ao conhecimento, as informações e as habilidades que não têm na equipe e que tiveram que recorrer a ajudas externas ou internas, fundamentais para atingir os objetivos.

Nestas camadas abaixo da superfície se encontram, segundo o autor, as contribuições diretas e indiretas de pessoas de fora da equipe - pela equipe estendida, as partes interessadas e colaboradores externos e outros tipos de colaboração (ad hoc) ou a colaboração social;

Referências

FINEGOLD, David; NOTABARTOLO, Alex Spencer. 21st-Century Competencies and Their Impact: An Interdisciplinary Literature Review. Disponivel em 

http://www.hewlett.org/uploads/21st_Century_Competencies_Impact.pdf

Alberta (2010). Ação inspiradora sobre Educação

BEERS (s.d ). 21 Habilidades do Século XXI: preparar os alunos para o seu futuro.

Binkley et . Al . (2010 ) Projecto de Livro Branco 1 Definindo as habilidades do século 21

Berg, Oscar - The Collaboration pyramid (or iceberg). http://www.thecontenteconomy.com/2012/02/collaboration-pyramid.html.

 

 

Olá pessoal, seguem links interessantes sobre Literacia Digital. Entendo que esta competência está muito relacionada com processos de coaprendizagem e coinvestigação.

http://books.google.co.uk/books?hl=pt-BR&lr=&id=doVQq67wWSwC&oi=fnd&pg=PR7&dq=Bawden,+D.+(2008)#v=onepage&q=Bawden%2C%20D.%20(2008)&f=false

http://www.soi.city.ac.uk/~dbawden/digital%20literacy%20chapter.pdf

Discutem a origem e o conceito de literacia digital

 

Olá pessoal,

Refletindo sobre nossas discussões sobre competências para a aprendizagem no século XXI, acredito que uma competência-chave para a coaprendizagem e a coinvestigação seja a colaboração, conforme o Silvar apresentou o resumo acima, em que a colaboração envolve a habilidade de se trabalhar em grupo/equipe e de se comunicar de forma clara e eficaz. Nesse sentido, essas habilidades são imprescindíveis para o sucesso da coaprendizagem e da coinvestigação. Por outro lado, como a Sônia menciona também, pensando o ambiente online onde comumente temos desenvolvido esses processos, a literacia digital e as múltiplas literacias também exercem papel fundamental, pois muito do que construímos depende da nossa habilidade de lidar com diferentes ferramentas e ambientes, bem como lidar com diferentes linguagens.

RSS

Nuevo Proyecto Fundación Teléfonica

EXPERIENCIAS EDUCATIVAS SXXI

¿Quieres conocer las últimas experiencias educativas? Asómate al nuevo proyecto de Fundación Telefónica

Encuentro Internacional Educación

imagem enlace à vídeo

Álbum fotográfico

Insiders

imagen enlace a la página de los insiders

imagem enlace à página dos insiders

© 2022   Creada por Encuentro Educación 2012 - 2013.   Con tecnología de

Insignias  |  Informar un problema  |  Términos de servicio